• Juliana Gomes

A vida do empreendedor em Comunidades!!!

Atualizado: Ago 4

Você gosta de desafios? Se sente motivado com a possibilidade de construir algo do zero? Superar obstáculos e vencer?


Então você tem perfil empreendedor! Você já teve ótimas ideias, mas teve que engavetar porque seu chefe não gostou? Na sua empresa, é possível colocá-las em prática!

O empreendedor é aquele que toma a iniciativa de ter um negócio próprio. É aquele que sabe identificar as oportunidades e transformá-las em uma organização lucrativa. E principalmente é aquele que trabalha com o que ama, e assim concentra esforços em seu próprio sonho. Isso é um forte motivação para encarar os desafios diários, além de trabalhar com o que você faz bem! Saiba mais com os conteúdos do SEBRAE aqui.

E também, é importante colocar que é muito legal saber que sua empresa deixará uma marca. Ela levará suas ideias e pode impactar o seu bairro, sua região ou estado de uma forma positiva.


Mas agora você deve estar se perguntando “mas e os riscos de empreender?” Calma, que eu vou listar abaixo as vantagens e desvantagens do empreendedorismo.

1) Burocracia

Abrir uma empresa no Brasil é um tanto desafiador, visto que a formalização exige uma série de autorizações e exigências. Em 2017, uma reportagem mostrou que o empreendedor leva 2 meses apenas para abrir uma empresa, sendo que as licenças e alvarás necessários ao funcionamento podem demorar mais de 9 meses. Por isso, uma boa ideia é começar sendo MEI (Microempreendedor Individual), pois a burocracia é bem menor.

2) Riscos

Muitos deixam de empreender por conta dos riscos envolvidos. E infelizmente, 24% das PMEs (pequenas e médias empresas) fecham antes de completarem 2 anos. A porcentagem chega a 50% nos primeiros 4 anos de funcionamento. Porém, o grande motivo para isso é a falta de conhecimentos sobre gestão de negócios.


3) Acesso a direitos sociais

Muito é falado também sobre os empreendedores não terem férias, décimo terceiro, FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) e outros direitos sociais. Mas um ponto importante é que se o empreendedor formalizar seu negócio, ele terá direito a auxílio-doença, aposentadoria e outros.


4) Dá muito trabalho?

Você quer empreender para não ter mais chefe e trabalhar menos? Bom, quando se tem um negócio, o seu esforço está diretamente ligado à sua renda. Logo, quanto mais você trabalha, mais você ganha!

Segundo um estudo do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), empreendedores ganham duas vezes mais que os assalariados. Apenas 25% dos trabalhadores brasileiros assalariados recebem dois salários mínimos ou mais. Entre os profissionais autônomos e microempresários (negócios com até 5 funcionários), 54% recebem mais de dois salários mínimos por mês.


5) Dificuldades de gestão dos negócios

Para grande parte dos empreendedores a gestão é desafiadora, tendo em vista que a maioria deles nunca tinha feito antes um planejamento estratégico, controle do fluxo de caixa, seleção e treinamento de funcionários, administração financeira, pesquisa de mercado, captação de clientes, gestão de compras e outros.



- Outras coisas que afligem os empreendedores.


Outras questões recorrentes são falta de capital, dificuldade de obter crédito empresarial, lidar com fornecedores, marketing e vendas e alta carga tributária

.

- Quer saber mais sobre o que os empreendedores pensam de seus negócios?


Uma pesquisa ouviu 1.080 empresários, dentre microempreendedores individuais, donos de microempresas e de empresas de pequeno porte, e nela, foi identificado que em relação à vida pessoal e profissional, 62% dos ouvidos dizem trabalhar com o que gostam e 44% dizem que estão realizando um sonho; 47% destacaram a possibilidade de poder transmitir valores que acreditam para funcionários e fornecedores e outros 49% destacaram a possibilidade de poder aprender sempre com seus erros e acertos.

Quanto aos pontos negativos de se empreender e relativos à vida pessoal e profissional, 55% disseram se sentir pressionados por tudo depender da sua própria decisão e 51% afirmam ter muita ansiedade e estresse; 53% falaram da dificuldade de encontrar mão de obra qualificada e 41% destacaram o peso de ter de pagar impostos do seu negócio.





#empreendedorismo #empreendedorismosocial #comunidades #Microepequeno #pequenasempresasgrandesnocios

34 visualizações