• Gabriel Santos

Por que Conexão Empreender? O mercado de empreendedorismo nas comunidades e periferias.

Atualizado: Ago 5

O poder superestimado do empreendedorismo nas periferias no Brasil. Entenda como a Conexão Empreender está colaborando para o desenvolvimento dos negócios de comunidade, desde informais individuais, pequenos negócios dos bairros até empresas inovadoras que surgem dessas regiões.




Atualmente no Brasil, às classes C, D e E, que são maioria nas favelas e periferias, representam 165 milhões de brasileiros. Deles muitos trabalham como CLT em empresas, entretanto, uma pesquisa realizada pelo Instituto Locomotiva com quatro milhões de pessoas que moram na favela mostra que muitos moradores possuem a vontade de empreender, sendo 58% querer abrir o negócio em seu próprio bairro. Além disso, (69%) dos micro e pequenos empreendedores são das classes C, D e E. Ainda assim, apenas (29%) deles têm CNPJ, já que a maioria não vê vantagem em formalizar o negócio.



Entretanto, o Estudo Empreendedor de Periferia realizado pela aceleradora de negócios de impacto Quintessa junto com a Samsung mostra que esse público possui diversas dores, principalmente empreendedores da área da inovação. A falta de conhecimento técnico de gestão interna e vendas são pontos bastante citados por esses empreendedores. Além disso, a necessidade de bons programas de aceleração/mentoria, utilizando uma linguagem simples para conteúdos disponibilizados é outra grande lacuna para facilitar a absorção de conhecimento e aplicação no negócio. Se para o perfil dos empreendedores da pesquisa essas são as dores encontradas, sendo que (65%) deles já possuem o ensino médio completo até chegando a cursar ou concluir o ensino superior. Para empreendedores que não possuem níveis acadêmicos elevados, a situação fica ainda mais difícil. Segundo a pesquisa do Sebrae com diversos empreendedores de micro e pequenos negócios tanto em comunidades quanto fora delas, aponta que atender à tributação complexa e onerosa, conquistar a clientela, qualificação nas áreas de controle e gestão financeira, não saber usar as redes sociais, obter crédito empresarial são os maiores desafios desses empreendedores.




Dessa forma, com o empreendedorismo já ativo nesses territórios, além de muitas pessoas querendo iniciar seu próprio negócio devido a alta taxa de desemprego no país acima dos (12%) segundo o IBGE. Apesar grande quantidade de ferramentas e informações disponíveis na web que podem colaborar com esses empreendedores a falta de conhecimento da dor, encontrar uma ferramenta fácil e acessível para utilizar e também fazer com que esse ele de o primeiro passo e que o conteúdo chegue aos olhos e negócios, ainda é um desafio junto com as outras dores.

Por esta ótica, nasce a Conexão Empreender, plataforma que visa facilitar o negócio de informais, micro, pequenas e médias empresas de comunidades e periferias. A facilitação desse negócio é feita por meio de conteúdos multiplataformas com linguagem acessível, pílulas de conteúdo em canais que mais as comunidades utilizam, programas de mentoria (pessoa que ajuda a outra por meio de conhecimento e guia), conexão e ofertas exclusivas em ferramentas de mercado, além do Conexão Bot que por meio de algumas perguntas ajuda o empreendedor a encontrar uma determinada solução para sua possível dor.

Portanto, o real objetivo da plataforma é “conectar os mundos” de forma fluída e fácil. A empresa acredita que a sociedade trabalha de forma em conjunta em um único ambiente, entretanto, há muitas questões sistemáticas que impedem a disseminação de melhores práticas a esse público. Além disso, é nítido o alto potencial, ainda mais na era digital, desses negócios desempenharem bem em suas regiões até mesmo ficarem grandes no mercado dado o perfil dos empreendedores representarem um perfil trabalhador, engenhoso e persistente.

Só estamos facilitando o processo para que isso fique mais nítido a eles e a todos!




#EstamosJuntos #SempreConetados #Conectados

70 visualizações